MENSAGEM DE ANO NOVO

MENSAGEM DE ANO NOVO

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Minha Trajetória de Vida

Foto tirada por Maiane Cristina em 2012, na cidade de Floresta/PE.

DADOS BIOGRÁFICOS INICIAIS

NOME COMPLETO: Libânio Francisco da Paixão Neto
NASCIDO EM: Caruaru – Pernambuco
DATA DE NASCIMENTO: 27 de agosto de 1967
FILIAÇÃO: João Francisco da Paixão e Maria Afonso da Paixão
ESCOLARIDADE: Iniciei meus estudos no Externato José Rodrigues de Jesus em Caruaru, no qual cursei da alfabetização à 4ª série. Em seguida, estudei da 5ª a 7ª série na Escola Estadual Dom Vital e a 8ª série no Colégio Industrial de Caruaru.
A partir da opção de vida inicialmente pelo trabalho de evangelização e depois pelos movimentos sociais os estudos formais foram postos de lado, vindo a estudar para provas do Supletivo do 2º Grau na zona da mata sul e em Recife.
Por outro lado, realizei diversos cursos de formação sindical e política, dos quais destaco os ocorridos na Universidade de Havana/Cuba, tais como Espanhol Básico, Economia Internacional, Comunicação e Organização Social e sobre a Realidade Latinoamericana.
Participei de vários seminários e cursos em diversos Estados do Brasil e especialmente no Nordeste, chegando a integrar o quadro de Educadores do Departamento de Formação da CUT-Central Única dos Trabalhadores, em nível de Nordeste.
Os estudos realizados, somados a um grande esforço na busca de conhecimentos através da leitura, possibilitou a formação sócio-política necessária ao desenvolvimento de minhas atividades ao longo de toda a trajetória.

FORMAÇÃO SÓCIO-POLÍTICA
A formação político-social teve início em meados de 1985, com a participação no Grupo de Jovem da Paróquia de São Francisco/Caruaru), onde foi possível conhecer de perto a pobreza e a miséria vivida pelos moradores e favelados do Morro do Bom Jesus. Em seguida, veio à integração a um trabalho de Comunidades de Base, que incluía evangelização e assistência social as famílias de favelados. Esse contato permitiu ver e sentir de perto, o quanto sofrem as pessoas que não tem emprego, moradia, saúde, educação, entre outros direitos, que vivem esquecidos pelos governantes, além de discriminados e marginalizados pela sociedade em geral.

Grupo de Jovens da Paróquia de São Francisco
O impacto dessa realidade até então desconhecida, proporcionou uma mudança radical na minha vida.

Em 1986/87, inspirado no ideal franciscano, deixei a família, trabalho e estudos e, passei a morar na favela participando de uma comunidade de leigos, realizando trabalhos com crianças, jovens e adultos. 

Em meados de 87, me afastei para realizar um trabalho com meninos e meninas de rua, retornando ao Morro do Bom Jesus no segundo semestre de 1988, para um trabalho mais voltado para a geração de renda e para a conscientização política.


Morro do Bom Jesus (atual Monte Bom Jesus)

ATUAÇÃO NOS MOVIMENTOS SOCIAIS
(em ordem cronológica)

1985 a 1987

Esse período foi marcado pelas descobertas no âmbito religioso e vocacional, evoluindo para o interesse por temas sociais.

Participei do Grupo de Jovens São Francisco de Assis, cuja principal ação foi à realização da Semana da Fraternidade.

Minha primeira vez falando em público, na Semana da Fraternidade

Desenvolvi trabalho dentro do conceito de Comunidades de Base no Morro do Bom Jesus em Caruaru, trabalhando com crianças, jovens e adultos.
Desenvolvi trabalho com Meninos e Meninas de Rua num orfanato em Caruaru.
Exerci a Coordenação de Grupos de Jovens na Diocese de Caruaru.
Fui um dos fundadores do Grupo de Jovens do Morro do Bom Jesus e do Grupo de Jovens Puebla, no bairro de São Francisco.
Eleito Coordenador Diocesano da PJMP – Pastoral de Juventude do Meio Popular Urbana, da Diocese de Caruaru.
Iniciei militância no PT-Partido dos Trabalhadores em Caruaru.


Eu discursando na Posse da nova diretoria do Sindicato dos Comerciários
de Caruaru, eleita em 1988
1988 

A partir desse ano, minha atuação passa a ser mais ampla, indo além da atuação pastoral, passando a interagir com o movimento sindical e questão partidária.

Participei da Oposição Comerciária de Caruaru, que venceu as Eleições, derrotando um pelego que por mais de 20 anos controlava o Sindicato dos Comerciários de Caruaru (maior Sindicato Urbano da região).
Participei de Seminários e atividades da PJMP Urbana da Diocese de Caruaru.
Realizei trabalhos comunitários na Favela do Morro do Bom Jesus, em Caruaru.


Foto histórica para mim na Convenção do PT em Caruaru
ao lado de Luiz Costa dos Santos à época Presidente do PT
1989

Esse foi um ano muito especial e decisivo. Minha atuação já era forte no Movimento Sindical e Partidário, a realização da Greve Geral, a luta pela Reforma Agrária, a militância orgânica, o aprofundamento dos conhecimentos e a Campanha de Lula foram momentos muito fortes e emocionantes, que moldaram e consolidaram minha postura a partir de então. 

Participei ativamente do Curso Inter-Regional para Coordenadores da Pastoral de Juventude do Meio Popular, Regional Nordeste II, nos dias de 9 a 12 de fevereiro/89. 
Me filiei ao PT – Partido dos Trabalhadores, e ainda no mesmo ano fui eleito Secretário Geral do Diretório Municipal de Caruaru e membro do Diretório Estadual, vindo ainda a assumir a Coordenação da micro-região do Agreste do Vale do Ipojuca e a Coordenação da Campanha LULA Presidente.
Participei da Criação da INTERSINDICAL DE CARUARU, envolvendo vários Sindicatos locais.


1ª Reunião para criação da Intersindical em Caruaru

Integrei a Coordenação da Histórica GREVE GERAL de 14 e 15 de março/89 em Caruaru;
Participei da Fundação do GFPT – Grupo de Formação Política dos Trabalhadores, que tinha por objetivo realizar cursos e seminários de formação de lideranças.
Participei do Curso “A Sociedade dividida em classes” promovido pelo Partido dos Trabalhadores em Caruaru.
Participei com excelente desempenho dos Cursos “A História do Movimento Sindical” e “Metodologia de Formação Sindical”, promovido pelo Sindicato dos Comerciários e SENAC de Mossoró no Rio Grande do Norte.
Participei de Seminário sobre a Integração dos Trabalhadores Latino-americanos, realizado em Mossoró no Rio Grande do Norte.
Participei do Seminário sobre A Economia e os Trabalhadores, realizado em Mossoró no Rio Grande do Norte.
Participei de diversas Palestras sobre Sindicalismo e sobre Reforma Agrária.
Exerci militância no Movimento dos Sem Terra de Pernambuco, coordenando à Ocupação de Terras em SUAPE, vindo depois a atuar como Assessor e articulador para a região Agreste Setentrional, até 1991.
De 1989 a 1991 atuei ainda como responsável pelos Departamentos de Formação e Comunicação do Sindicato dos Comerciários de Caruaru.
              
Junto aos Posseiros do Sítio Encanto em Caruaru
1990 

Coordenei o Curso Novos Rumos do Socialismo, realizado pelo Departamento de Formação do Sindicato dos Comerciários de Caruaru em abril de 1990.
Participei do Curso sobre Organização de Campanha Salarial, realizado pelo DIEESE - Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-econômicos, em maio de 1990.
Participei de Seminário sobre Sindicalismo Classista, realizado em dezembro/90.
Exerci Assessoria aos Sindicatos de Servidores Públicos Municipais de São Bento do Una e Lajedo.
Atuei junto ao Centro de Defesa dos Direitos Humanos da Diocese de Garanhuns, no acompanhamento a 08 Sindicatos de Servidores Públicos Municipais do Agreste Meridional.
Fui eleito novamente para a Direção Municipal do PT em Caruaru, vindo a assumir o cargo de Secretário Geral.
Foram publicadas oito entrevistas na imprensa sobre o PT, cinco relacionadas com o Sindicato dos Comerciários, e três artigos publicados no Jornal Vanguarda (jornal local e regional).
Publicação no Jornal Vanguarda de nove artigos sobre a Crise do Leste Europeu.
Articulei a filiação do Sindicato dos Comerciários de Caruaru à CUT – Central Única dos Trabalhadores.
Fui eleito para a Direção Executiva Estadual do PT em Pernambuco.
Tive participação em várias atividades dos comerciários nos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará, vindo a ser escolhido como integrante da Comissão Norte-Nordeste de Articulação para a criação do Departamento Nacional dos Comerciários da CUT, hoje Confederação Nacional dos Comerciários da CUT.
Exerci Assessoria ao Sindicato dos Comerciários de Palmares, Água Preta e Catende.
Integrei a coordenação de criação do Fórum Popular de Caruaru, composto de partidos políticos progressistas e entidades populares.

Aqui estou discursando em Ato de Protesto do Forum Popular e Democrático de Caruaru
1991 

Participei da Coordenação da histórica Greve dos Trabalhadores da SABRA (a época a maior indústria de confecção de roupas da região agreste).
Apoiei a Luta dos Posseiros do Sítio Encanto em Caruaru, em defesa da posse definitiva da terra, tendo que enfrentar fazendeiros e grupos que se beneficiavam com a retirada de terra para comercializar.
Integrei a Coordenação da Greve Geral de 22 e 23 de maio de 1991.
Fui eleito para a Diretoria do Sindicato dos Comerciários de Caruaru, para a gestão 1991 a 1993, ocupando o cargo de Secretário Geral.
Criação do Informativo “Comerciário em Luta” do Sindicato dos Comerciários de Palmares, Água Preta e Catende.
Criação dos Informativos “Luta de Classe” e “A Voz do Proletariado”, do GFPT – Grupo de Formação Política dos Trabalhadores.
Criação do Informativo do Diretório Municipal do PT em Caruaru.
Dezesseis entrevistas publicadas na imprensa sobre o PT e Sindicato dos Comerciários, e oito artigos publicados no Jornal Vanguarda.
Participação no Fórum Estadual Permanente pela Reforma Agrária. 



Integrando a chapa que me elegeu para a Diretoria do Sindicato dos
Comerciários de Caruaru em 1991
 1992

Criação do Informativo “Conquistar a Reforma Agrária na Luta”.
Fui Candidato a Vereador pelo Partido dos Trabalhadores.
Coordenei atividades de Solidariedade a Cuba e criação do Comitê Caruaru de apoio e solidariedade a Cuba.
Participei ativamente da criação do Fórum Democrático e Popular de Caruaru.
Participei em diversos Atos de Protestos relacionados com o 1º de Maio, contra a revisão constitucional, pelo Impeachment de Collor e o Grito dos Excluídos.
Participei do Curso A Reforma Agrária na Perspectiva dos Trabalhadores, realizado pelo Movimento dos Sem Terra de Pernambuco.
Fui reeleito para a Direção Municipal e Estadual do Partido dos Trabalhadores.
Participei de algumas atividades de apoio ao movimento estudantil de Caruaru.

Participando do Grito dos Excluídos em 1992
1993 

Participei da Criação do Movimento Caruaruense Pela Ética na Política.
Realizei Atividades de organização do Sindicato dos Comerciários e do Partido dos Trabalhadores.
Publicação de artigos e entrevistas na imprensa local e estadual.
Criação de Sindicatos e Diretórios Municipais do PT no Agreste Setentrional e Meridional.
Seminário sobre os 100 anos de Canudos, realizado na FAFICA em Caruaru.
Coordenação de atividades em Solidariedade a Cuba.

Participação em Ato Público do Movimento Pela Ética na Política
1994 

Fui reeleito para a Diretoria do Sindicato dos Comerciários de Caruaru, na função de Secretário de Formação Político-sindical.
Fui Coordenador da Campanha LULA Presidente, em Caruaru e região Agreste.
Publicação de nove artigos no Jornal Vanguarda.
Coordenação de atividades de solidariedade a Cuba e em homenagem a Che Guevara.
Publicação de 26 entrevistas na Imprensa escrita local, e mais umas três dezenas de entrevistas nas rádios locais.
Reeleito para a Direção Municipal do Partido dos Trabalhadores. 

Assumindo a Coordenação da Campanha Lula Presidente
em Caruaru. Na foto ao lado dos saudosos Jáder de Andrade e Bruno Maranhão
e de João Lyra Neto.
1995 

Do início de 1995 até meados do primeiro semestre de 1998, vivenciei um ciclo em minha vida de muitas definições, conflitos, avaliações e um trabalho intenso de Solidariedade à Cuba, que me tomou a maior parte do tempo, vindo a reduzir minha atuação sindical e partidária em Caruaru.

Realizei a 1ª viagem a Cuba para fazer Curso sobre O Sistema Educacional Cubano, na Universidade de Havana, e realizar contatos políticos, nos dias de 23 de janeiro a 02 de fevereiro de 1995.
Integrei o Coletivo Estadual e Nordeste de Formação da CUT, participando de 1995 a 1996 do processo de Qualificação Político-metodológica de Educadores da CUT no Nordeste, tornando-me um dos Educadores da CUT em nível de Nordeste.
Coordenei a realização do 1º Encontro Municipal e Seminário de Solidariedade a Cuba em Caruaru.
Articulei a Criação do CDR – Comitê de Defesa da Revolução Cubana/Internacionalista (assumindo a presidência do mesmo), passando a manter contato com lideranças políticas, sindicatos e movimentos sociais de vários Estados do Brasil.
Realização da 2ª viagem a Cuba, para realizar o Curso de Comunicação e Organização Social, na Faculdade de Comunicação da Universidade de Havana, nos dias de 16 a 29 de julho de 1995, abordando temas como: 
-  Educação
-  Saúde
-  Comunicação
-  Organização Sindical
-  Economia Internacional
-  Cultura

Publicação de nove artigos e vinte e seis entrevistas na imprensa escrita de Caruaru e do Estado de Pernambuco.
Reeleito mais uma vez para o Diretório Municipal do PT.
Realização de palestras, seminários e encontros para tratar dos temas: Socialismo, Cuba e Che Guevara, em várias cidades de Pernambuco, Paraíba e Piauí.

Em Havana/Cuba, na primeira viagem que fiz àquele país.
A realização de um sonho que abriu novos horizontes.
1996 

Realizo a 3ª viagem a Cuba, para realização do Curso Comunicação Social e Organização Política, na Faculdade de Comunicação Social da Universidade de Havana, nos dias de 06 a 19 de janeiro de 1996, com a seguinte temática: 
- História da Revolução Cubana
- História da Esquerda na América Latina
- Comunicação
- Organização Sindical
- Economia Internacional
- Organização Popular.


Em Cuba, no Museu da Revolução
Realização da 4ª viagem a Cuba, para realização do Curso Para Formadores Sindicais da América Latina, na Escola Nacional de Formação da Central de Trabalhadores de Cuba, nos dias de 27 de abril a 23 de maio de 1996, tendo participado do 17º Congresso da Central de Trabalhadores de Cuba, do 1º de Maio e do Encontro Pela Unidade dos Trabalhadores, frente aos desafios do século XXI.
Capacitação de membros das Comissões Municipais de Emprego, realizada em Caruaru pela Comissão Estadual de Emprego, em junho de 1996.
5ª viagem a Cuba, para realização do 2º Curso Comunicação Social e Organização Política, na Faculdade de Comunicação Social da Universidade de Havana, nos dias de 12 a 19 de julho de 1996.
Publicação de quatro artigos e dezesseis entrevistas na imprensa escrita de Caruaru, de Pernambuco e do Paraná.
Seminário sobre Análise de Conjuntura Pós-eleitoral, realizado pela EQUIP-Escola Quilombo dos Palmares e pela FASE-Nordeste, em novembro/96.


Coordenando a 1ª Jornada de Solidariedade à Cuba

Coordenação da 1ª Jornada de Solidariedade a Cuba, com o Professor da Faculdade de Comunicação Social da Universidade de Havana, Eddy Jiménez Pérez, de 20 de julho a 29 de agosto/96.

DURAÇÃO DA JORNADA: 40 dias

ESTADOS VISITADOS: Foram 08, sendo eles: Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão, Paraná e Rio de Janeiro.

CIDADES ONDE SE REALIZOU ATIVIDADE: Foram 20 cidades, distribuídas da seguinte forma. Em Pernambuco: Caruaru, Agrestina, Belo Jardim, Bezerros, Toritama e Recife; na Paraíba: Campina Grande; em Alagoas: Maceió; no Rio Grande do Norte: Natal; no Piauí: Teresina, Parnaíba, Campo Maior e Altos; no Maranhão: São Luís; no Paraná: Francisco Beltrão, Assis Chateaubriand, Ponta Grossa e Curitiba. Desenvolveram-se atividades ainda nas capitais do Rio de Janeiro e São Paulo.

VISITAS: Realizou-se 10 visitas a Universidades, Favelas, Escolas, Hospitais e lugares históricos.

PALESTRAS E CONFERÊNCIAS: Houve 29 Palestras e 04 Conferências com público entre 200 e 400 pessoas, cujos temas mais abordados foram: Cuba sua Realidade e Perspectivas, O Sistema Educacional Cubano, A Reforma Agrária em Cuba, Cuba Socialista a Globalização e o Neoliberalismo, Cuba- Democracia e Meios de Comunicação e Rádios Comunitárias em Cuba.

ENCONTROS: Foram realizados 04 encontros, com trabalhadores rurais, da saúde, da educação, e com estudantes secundaristas.

ENTREVISTAS À IMPRENSA: Foram concedidas mais de 15 entrevistas à imprensa, tendo sido publicadas em média 12.

PESSOAS CONTACTADAS: Nas palestras, conferências, encontros e visitas, foram diretamente contactadas em torno de 3.360 pessoas.

ENTIDADES E ORGANIZAÇÕES QUE APOIARAM ESTA JORNADA: No Piauí: CDR, CUT, Partido dos Trabalhadores; em Pernambuco: Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato dos Urbanitários, Diretório Acadêmico da FAFICA, UESC, Partido dos Trabalhadores, SINDIFISCO; na Paraíba: PET-Economia, Mestrado Economia da UFPB, ADUFPB, Diretório dos Estudantes em Campina Grande; no Rio Grande do Norte: SINTSEF; no Maranhão: CUT, PREXAE da UFMA, APRUMA, ASP, NEAL, SINTAF, SINDSEP; no Paraná: Sindicato dos Comerciários de Francisco Beltrão, Sindicato dos Bancários de Assis Chateaubriand, APP-Sindicato de Ponta Grossa, CUT, Partido dos Trabalhadores, IFIL, IDDEHA, SINDESC, SINDISAÚDE, SINDASPP, SINDIJUS, SINTRACON, FETRACOSPAR; no Rio de Janeiro: SINTRASEF.

OUTROS:
- Realizou-se Encontro com o Cônsul Geral de Cuba no Brasil.
- Participou-se da Conferência Nacional de Solidariedade a Cuba em Maceió.
- Constituiu-se mais 02 Comitês de Solidariedade a Cuba, em Teresina/PI e Curitiba/PR.
- Lançou-se uma Campanha de Arrecadação de Material Escolar e Material Médico para ser destinado à Sierra Maestra em Cuba.
- Lançou-se também uma Campanha de coleta de Assinaturas, através de abaixo-assinado, contra a Lei Helms-Burton e o Bloqueio dos EUA contra Cuba.
Organização nos dias de 05 a 31 de outubro/96, de viagem a Cuba do 5º Grupo organizado pelo CDR/Caruaru, desta feita com 07 pessoas, para realizar a 2ª edição do Curso Para Formadores Sindicais, na Escola Nacional de Formação Sindical da Central de Trabalhadores de Cuba. Praticamente no mesmo período, nos dias de 05 a 18, foi à vez do 6º Grupo, composto de 06 companheiras que realizaram o Curso Mulher e Sociedade, junto a Federação de Mulheres Cubanas, através do Centro de Capacitação da Mulher “Fé Del Valle”.
Criação do Núcleo de Estudos Políticos Ernesto Che Guevara.

Com o companheiro Daniel Amorim, coordenando a criação
do CDR-Comitê de Defesa da Revolução Cubana
em Caruaru
1997 

6ª viagem a Cuba, participar do Congresso Pedagogia 97, no Centro de Convenções de Havana, nos dias de 31/01 a 14 de fevereiro de 1997.
Eleito Presidente da Comissão Municipal de Emprego de Caruaru.
Publicação de várias entrevistas e artigos na imprensa escrita, além de uma série de entrevistas em rádios de Caruaru e em outros Estados do Brasil.
Organização do 7º, 8º, 9º, 10º, 11º e 12º grupos que viajaram a Cuba, para realização de cursos e participação de eventos políticos e sociais.
Realização da 2ª Jornada de Solidariedade a Cuba, com o Professor da Faculdade de Comunicação Social da Universidade de Havana, Eddy Jiménez Pérez, e com as Professoras Alicia Santana Palácios e Ana Josefa Moret Solis, ambas da Escola Nacional de Formação de Quadros Sindicais da CTC-Central de Trabalhadores de Cuba “Lázaro Peña”, de 25 de maio a 10 de agosto/96.

DURAÇÃO DA JORNADA: 77 dias

ESTADOS VISITADOS: Foram 13, sendo eles: Pernambuco, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Bahia, Goiás, Distrito Federal, Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

CIDADES ONDE SE REALIZOU ATIVIDADE: Foram 21 cidades, distribuídas da seguinte forma. Em Pernambuco: Caruaru, Palmares e Recife; na Paraíba: João Pessoa; em Sergipe: Aracajú, Estância e Cristianópolis; no Rio Grande do Norte: Natal; no Piauí: Teresina e Campo Maior; na Bahia: Salvador e Candeias; em Goiás: Goiânia; no Espírito Santo: Vitória; no Rio de Janeiro: Rio de Janeiro; em Santa Catarina: Florianópolis; no Paraná: Ponta Grossa, Pato Branco e Curitiba; em São Paulo: São José do Rio Preto. 

PESSOAS CONTACTADAS: Nas palestras, conferências, encontros e visitas, foram diretamente contactadas em torno de 5.356 pessoas.

ENTIDADES E ORGANIZAÇÕES QUE APOIARAM ESTA JORNADA: Sindicato dos Comerciários de Caruaru, Diretório Central dos Estudantes da Faculdade de Direito de Caruaru, SINDSEP/PE, SINDIFISCO/PE, Sindicato dos Comerciários de Palmares, Água Preta e Catende/PE, CUT Piauí, CDR Piauí, SINDJUFE/PI, MOPS/PI, CAAI – Comitê de Amizade Anti-Imperialismo em Aracajú/SE, Direção Executiva do PT do Distrito Federal, Núcleo 5 de Março do PT/DF, SINDSEP/DF, SINDSER/DF, STIUEG/GO, SINTEGO/GO, CUT Goiás, Sindicato dos Bancários do Espírito Santo, Sindsaúde/ES, CUT e Sindicatos Filiados no Espírito Santo, SINDSCOPE/RJ, SINDQUÍMICA da Bahia, Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil da Bahia, SNDÁGUA/RN, SINDSER/RN, CUT Paraná, Sindicato dos Empregados no Comércio de Pato Branco/PR, APP-Sindicato de Ponta Grossa/PR e Sindicato dos Servidores de São José do Rio Preto/SP.

OUTROS:
Constituiu-se mais 02 Comitês de Solidariedade à Cuba, em Vitória/ES e em Ponta Grossa/PR.
Ampliou-se a divulgação da Campanha de Arrecadação de Material Escolar e Material Médico para Cuba.
Divulgou-se a Campanha contra o Bloqueio dos EUA e a Lei Helms-Burton.
Foi realizada ampla divulgação da realização em Cuba do 14º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes, bem como, do Encontro Internacional de Trabalhadores frente ao Neoliberalismo e a Globalização.
Homenageamos os 30 anos da caída em combate do Comandante Ernesto Che Guevara e seus companheiros.
Foram realizadas entrevistas do professor Eddy Jiménez Pérez com Frei Betto, Leonardo Boff e Miguel Arraes, a fim de escrever livro sobre a opinião dos mesmos em relação a Cuba e a Che Guevara.

Coordenando a realização do 1º Encontro Nordeste de Solidariedade à Cuba
1998 

A partir do segundo semestre de 1998, minha trajetória de vida sofre um grande impacto. Havia acumulado um grande prejuízo financeiro com o trabalho de Solidariedade à Cuba e, uma luta interna no Sindicato dos Comerciários, que somados, tornaram-se inviável a manutenção das atividades na intensidade em que vinham sendo feitas, obrigando a tomada de decisão de mudar meu foco de atuação para a Zona da Mata Sul de Pernambuco.

Coordenação do 1º Encontro Nordeste de Solidariedade a Cuba.
Coordenação da 3ª Jornada de Solidariedade a Cuba, com o Professor da Faculdade de Comunicação Social da Universidade de Havana, Eddy Jiménez Pérez, de 29 de março a 10 de maio/98.

DURAÇÃO DA JORNADA: 40 dias

ESTADOS VISITADOS: Foram 03, sendo eles: Pernambuco, Paraíba e Alagoas.

CIDADES ONDE SE REALIZOU ATIVIDADE: Foram 09 cidades, distribuídas da seguinte forma. Em Pernambuco: Recife, Palmares, Cabo de Santo Agostinho, Olinda, São Bento do Una e Arcoverde; na Paraíba: João Pessoa; em Alagoas: Maceió e Arapiraca.

PESSOAS CONTACTADAS: Nas palestras, conferências, encontros e visitas, foram diretamente contatadas em torno de 1.340 pessoas.


Iniciando a atuação na Zona da Mata Sul de Pernambuco
Assessoria ao CEAS Rural de Palmares, em Seminário com os Jovens Rurais da Mata Sul.
Assessoria a Articulação de Entidades na Mata Sul, na realização de Seminário sobre Conjuntura e Desenvolvimento da Mata Sul.
Seminário sobre O Papel dos Movimentos Sociais na Gestão do Desenvolvimento, realizado em julho, pela EQUIP, Escola Nordeste da CUT e SACTES/DED.
Início de Trabalho nos Assentamentos de Água Preta.
Criação do CEFAN – Centro de Estudos, Formação e Assessoria ao Movimento Popular e Sindical no Nordeste. 

Atuação junto a Assentamentos da Reforma Agrária em Água Preta/PE
1999 

Eleito para a Coordenação Estadual e Regional Nordeste e Mata Sul, do Movimento dos Trabalhadores-MT.
Coordenação do PRONERA – Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária em Assentamentos de Água Preta.
Trabalho organizativo e de elaboração de Projetos em Assentamentos de Água Preta.
Criação da REDESUL – Rede de organizações Sociais da Mata Sul.
Realização de atividades nos municípios do cabo de Santo Agostinho, Barreiros, Palmares, Catende, Ribeirão e Água Preta, relacionados com a Reforma Agrária.
Assessoria a diversas ONG’s e Associações da Mata Sul.
Coordenação de Cursos de Capacitação em Gestão e Organização nos Assentamentos de Água Preta, através do CEFAN – Centro de Estudos, Formação e Assessoria ao Movimento Popular e Sindical no Nordeste, com recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador. 
Assessoria a criação e organização de várias ONG’s na Mata Sul
Fundação da União dos Assentamentos de Água Preta

Representando o MT, realizei um amplo e intenso trabalho nos Assentamentos
de Água Preta.
2000 

Trabalho junto aos Assentamentos de Água Preta, nos setores de:
- Assessoria Técnica em Organização e Gestão
- Elaboração de Projetos
- Juventude
Coordenação Rural da Campanha pela reeleição do Prefeito Eduardo Coutinho – PSB, Água Preta. 

2001 a 2004 

Esse período foi caracterizado pela minha atuação na gestão pública municipal, ao mesmo tempo em que iniciava a criação e fortalecimento de espaços não-governamentais de atuação, através da criação de várias ONG's na região da Mata Sul.

Coordenando ações da ONG CEFAN em Água Preta

2001

Nomeado Assessor Técnico Especial da Prefeitura Municipal da Água Preta, em janeiro.
Coordenador de Equipes de Levantamento Sócio-Econômico das áreas urbana e rural de Água Preta.
Coordenação da Elaboração do Plano de Desenvolvimento dos Assentamentos de Água Preta.
Assessoria a Grupo de Jovens e ao movimento estudantil em Água Preta.
Coordenador do Programa Prefeitura e Você, que discutia com as comunidades as prioridades da gestão.
Nomeado Secretário de Planejamento e Desenvolvimento da Prefeitura Municipal da Água Preta, em agosto.
Coordenação da Elaboração do Planejamento e da Lei Orçamentária do município de Água Preta.
Coordenação de Projetos de eletrificação rural e recuperação de estradas vicinais junto a CAIXA ECONÔMICA.
Coordenador da implantação do Projeto Agente Jovem em Água Preta.
Retorno ao cargo de Assessor Técnico Especial da Prefeitura de Água Preta, assumindo a coordenação de diversas ações, programas e projetos.
Entre 2001 e 2002, coordenação de obras de recuperação de estradas vicinais em Água Preta
Fundação do NAT-Núcleo de Assessoria Técnica

Em Água Preta, atuando como Secretário de Planejamento e Desenvolvimento
Econômico e coordenando a implantação do Programa Agente Jovem.
2002

Assessor do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Água Preta.
Secretário da Comissão Municipal de Emprego de Água Preta.
Coordenador da eleição à Deputado Estadual de João Fernando Coutinho - PSB.

2003
Coordenador da Controladoria Municipal da Prefeitura de Água Preta.

2004 
Coordenador da campanha e elaborador do Plano de Governo da candidata a Prefeita de Água Preta.

Capacitação para Jovens e Adultos nos Assentamentos
de Água Preta, através do CEFAN
2005

De abril de 2005 a agosto de 2010, minha trajetória de vida passa a se caracterizar pela atuação em quatro esferas: Assessoria Parlamentar, incentivo a criação e fortalecimento de ONG's no âmbito sócio-cultural, o início da militância na área da Cultura Popular e atuação na construção de Políticas Públicas de Juventude. 

Fui nomeado Assessor Técnico Especial do Deputado João Fernando Coutinho - PSB, atuando como Chefe de Gabinete, articulador político, coordenador da assessoria, elaborador de projetos.
Atuei na Assessoria para a criação de diversas ONG’s na Mata Sul e Norte, Agreste e Sertão.


Ao lado de meu amigo e parceiro no Instituto da Juventude, Elenildo Arraes.
2006

Coordenador da reeleição do Deputado João Fernando Coutinho, sendo responsável pelo Planejamento Político e Financeiro e, pela articulação no Recife e região metropolitana, Agreste, Sertão e supervisão das coordenações da Mata Sul e Mata Norte, atuando também na eleição à Governador de Eduardo Campos.
Fundação do Instituto de Políticas Públicas de Juventude.

Ao final de 2006, passei por outra mudança de grande impacto em minha vida, por força das circunstâncias e, pela necessidade de buscar outras alternativas de atuação e de vida, dirigi minha atenção especialmente para a região do sertão pernambucano.


No Sertão do Araripe estimulando a criação de ONG's para atuar
no âmbito sócio-cultural
2007

Assessoria a várias ONG’s na Mata Sul e Sertão do Araripe.
Nomeado Assessor Especial do Deputado Estadual Ayres de Sá Carvalho Júnior - Airinho - PSB, atuando nas áreas de elaboração de projetos, apoio na gestão e organização de ONG’s e Associações e, articulação política.
Começo a escrever meu primeiro livro: Políticas Públicas de Juventude no Debate Atual.

Em Granito, na Conferência Municipal de Juventude
2008

Assessoria Especial ao Deputado Estadual Ayres de Sá Carvalho Júnior - Airinho, atuando nas áreas de elaboração de projetos, apoio na gestão e organização de ONG’s e Associações e, articulação política;
Elaboração de Projetos
Diretoria Executiva do Instituto Chico Torres
Coordenação de Projeto para realização de Conferências de Juventude em vários municípios do Estado de Pernambuco, especialmente da região do sertão.
Participei no Projeto Todos Por Pernambuco do Governo Estadual, integrando os Comitês de Articulação Municipal de Salgueiro e Regional do Sertão Central, chegando a representar o Sertão Central no CEDES-Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado de Pernambuco.
Consultoria e Coordenação de Campanhas Eleitorais municipais
Participação na formação da Comissão de Cultura do Sertão Central


Discursando na Convenção do PSB de Parnamirim em 2008
2009
Participação na realização de diversas Conferências Municipais de Cultura
Início do Trabalho em Floresta-PE
Assessoria Especial ao Deputado Estadual Ayres de Sá Carvalho Júnior - Airinho, atuando nas áreas de elaboração de projetos, apoio na gestão e organização de ONG’s e Associações e, articulação política
Coordenação da Campanha de Acessibilidade Eu Respeito
Apoio à criação de vários grupos culturais no sertão
Elaboração de Projetos culturais para vários jovens e grupos de jovens no sertão
Assessoria de Cultura e Juventude em Floresta
Início da Estruturação do Instituto Cultural Raízes em Floresta
Publicação do Livro Políticas Públicas de Juventude no Debate Atual

Participação em Conferências, Fóruns e Comissões de Cultura
2010 a 2014

Em agosto de 2010, ocorre a tomada de decisão que norteia minha atuação atual. Após me desencantar com a atuação na esfera de Assessoria Parlamentar, decido fixar residência em Floresta e, comandar a estruturação de um trabalho mais efetivo e permanente, de construção de políticas públicas de juventude e de produção cultural, na busca de resultados concretos.

Neste período (de agosto de 2010 até a presente data) as ações tem sido de:
Desenvolvimento de projetos culturais em Floresta e região
Pesquisa sobre as raízes e origens da cultura afrobrasileira e a cultura indígena
Ampliação da atuação do Instituto Cultural Raízes
Gerenciamento de Projetos, representando o Instituto da Juventude
Produção Cultural com a criação de grupos de danças, e de percussão: Maracatu e Afoxé
Construção de Políticas de Juventude e de Cultura
Atuação em diversos Conselhos Municipais
Elaboração de Projetos de Leis nas áreas sociais e culturais
Atuação junto a comunidades quilombolas e indígenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário