MENSAGEM DE ANO NOVO

MENSAGEM DE ANO NOVO

quarta-feira, 9 de março de 2016

Até Sempre Naná!

Ensaio Rua da Moeda- Carnaval 2016 / Recife - Foto: João Rogério Filho

Hoje, acordei mais cedo com uma notícia muito triste.

Após lutar contra um câncer, Naná Vasconcelos terminou seus dias entre nós.

Confesso que me emocionei, por tudo que esse grande pernambucano e afrobrasileiro significa para a nossa cultura.

Um negro, pernambucano, nordestino, que sai pelo mundo mostrando a arte da vida, que transformou em uma vida de arte.

Seu reconhecimento por várias vezes como o maior percussionista do mundo, nos enche de alegria e orgulho, por representar a importância de nossas raízes e por significar um exemplo de superação e de conquistas.

Hoje, os tambores dos Maracatus choram a perda de um grande Mestre "O Mestre dos Mestres", que foi capaz de por vários anos juntar as várias Nações de Maracatu de Pernambuco na abertura do Carnaval de Recife.

Naná, deixa para todos nós um grande legado cultural e humano, que será lembrado toda vez que tocar um tambor, toda vez que um berimbau entoar uma cantiga.

Sua obra será motivação para muitos de nós e para as novas gerações que virão.

Não teremos mais sua presença física, más estará sempre conosco em espírito, pela sua arte, pela sua obra, pela maestria de sua criação.

Na eternidade onde se encontra nossos antepassados e ancestrais, hoje com certeza, receberam em festa Naná Vasconcelos. 

Os tambores ancestrais entoaram um batuque todo especial, para receber o Mestre que aqui na terra soube dignificar e honrar suas raízes.

Não digo adeus, digo Até Sempre Naná!
Porque "de certo" não esqueceremos seu exemplo, que servirá de inspiração constante e permanente para seguirmos em frente, na luta de preservação e valorização de nossa cultura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário