PONTO DE PARTIDA

PONTO DE PARTIDA

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Dia 25 - O direito à picardia


O povo da Nicarágua celebra o Güegüence, e ri junto com ele.

Nesses dias, dias da sua festa, as ruas se transformam em palcos onde esse pícaro conta, canta e dança, e por sua obra e graça todos se transformam em contadores, cantadores e bailadores.

O Güegüence é o pai do teatro de rua na América Latina.

Desde o princípio dos tempos coloniais, ele vem ensinando as artes de mestre enrolador:
– Quando você não conseguir ganhar, empate. E quando não conseguir empatar, enrole.
 
E desde aquele então, de século em século, o Güegüence não parou de se fazer de bobo, inventador de palavras que não significam nada, mestre de diabruras que o próprio Diabo inveja, desumilhador de humilhados, brincalhão, brincante, brincadeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário