PONTO DE PARTIDA

PONTO DE PARTIDA

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Dia 28 de março - A fabricação da África


Em 1932, pouco depois de sua estreia, Tarzan, o rei das selvas atraía multidões que faziam longas filas nos cinemas.

Desde então, Tarzan foi Johnny Weissmuller, nascido na Romênia, e seu grito, difundido por Hollywood, foi o idioma universal da África, embora ele nunca tenha estado lá.

Tarzan não tinha um vocabulário dos mais ricos, só sabia dizer Me Tarzan, you Jane , mas nadava feito ninguém, ganhou cinco medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos e gritava como ninguém jamais havia gritado.

Esse uivo do rei da selva era obra de Douglas Shearer, um especialista em som que soube mesclar vozes de gorilas, hienas, camelos, violinos, sopranos e tenores.

Até o último de seus dias, Johnny Weissmuller teve que
suportar o assédio de admiradoras que rogavam para ele uivar.

Do Livro: OS FILHOS DOS DIAS
De: EDUARDO GALEANO

Nenhum comentário:

Postar um comentário